Inteligência Emocional é a capacidade de administrar as próprias emoções e usá-las a seu favor, além de compreender as emoções das outras pessoas, construindo relações saudáveis, fazendo escolhas conscientes e adquirindo uma melhor qualidade de vida. 

O conceito da Inteligência Emocional surgiu primeiramente com  Charles Darwin, que notou a importância da expressão emocional para a sobrevivência e adaptação das espécies.


É necessário o desenvolvimento da Inteligencia Emocional nos dias atuais, pois as nossas emoções estão por toda parte, todo ser humano vive direta ou indiretamente sobre suas consequências. De modo geral, isso acontece porque o cérebro emocional é muito mais rápido que o cérebro racional. Enquanto as emoções levam o ser humano à ação, sua razão continua pensando e analisando.


O indivíduo que desenvolve sua Inteligência Emocional sabe pensar, sentir e agir de forma inteligente e consciente, de acordo com a sua maturidade. Assim, o desenvolvimento de toda tecnologia e interações virtuais, esta levando a humanidade para uma nova fase e umas novas percepções, utilizando as ferramentas disponíveis em prol da sociedade.


Essa situação pode possibilitar a retomada do homem como centro das atenções. Para tanto é fundamental que o ser humano desenvolva habilidades da inteligência emocional, para o presente e futuro da humanidade.


Entender que somos movidos principalmente pela emoção é o primeiro passo para começar a desenvolver a Inteligência Emocional.
Somente dando a devida importância ao nosso interior, nossas emoções, pensamentos e história de vida, conseguiremos conquistar uma sociedade emocionalmente saudável.

 

Cristina Nahum-Psicológa
Silvia Adolfo-Assistente Social