Reflexão Semanal 

26.02.2021

 

FEVEREIRO ROXO/LARANJA

 Você já notou que os últimos anos estão associando cores a campanhas de saúde? As cores são símbolos de campanhas de conscientização sobre doenças.

Iniciou-se com o outubro Rosa (câncer de mama) , depois veio o novembro Azul (câncer de próstata), essas campanhas surgem pela necessidade de conscientizar a população sobre doenças graves, que podem ser tratadas mais facilmente , quando identificadas em estágio inicial.

Recentemente, foi instituído o Fevereiro Roxo/Laranja, mês da conscientização sobre Lúpus, Fibromialgia, Alzheimer, Leucemia.

Como você pode notar, o Lúpus, a Fibromialgia e a doença de Alzheimer são três condições bem diferentes entre si, mas apresentam um ponto em comum: são incuráveis. Portanto, todas devem ser identificadas nos estágios iniciais para que seus sintomas sejam controlados ou retardados.

A campanha do Fevereiro Roxo foi criada em 2014, na cidade de Uberlândia (Minas Gerais), tendo como lema: “se não houver cura, que ao menos haja conforto”, remetendo à importância de proporcionar bem-estar aos portadores de doenças crônicas. O trabalho geralmente é feito por ONGs e prefeituras, que promovem palestras, ações de informação sobre as doenças e até mutirões de saúde.

Essas campanhas são meios de dar visibilidade as doenças e a seus sintomas, estimulando as pessoas que suspeitam de algum problema procurarem por ajuda, o diagnóstico precoce auxilia na amenização e controle dos sintomas.

Como as campanhas não são unificadas, em fevereiro também, há o mês laranja, promovendo a conscientização sobre a leucemia, o tipo mais comum de câncer, e a importância de se cadastrar como doador de medula óssea. Essa ação é chamada de Fevereiro Laranja.

Lembre-se: entender as questões relacionadas a doenças graves é importante para cuidar da sua saúde e ajudar a conscientizar as pessoas que você conhece.

 

Cristina Nahum - Psicóloga

Silvia Adolfo - Assistente Social